segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

DUCHAMP: Um Osso Duro de Roer: Uma parábola sobre a 'verdadeira' arte!

A Fonte, Marcel Duchapm, 1917

Em 1917 um artista francês, depois de ter provado durante anos que era um exímio pintor, colocou no museu como proposta de obra de arte um (hoje) famoso urinol, que não tinha sido feito por ele nem por nenhum outro grande artista. O que ele fez foi apenas pegar um objeto do dia-a-dia e colocar num espaço que se queria, deliberada e exclusivamente, artístico.

Não era o primeiro ready-made, mas, sem dúvida foi o mais polêmico.

A façanha tem quase 100 anos, mas ainda está longe o dia em que seu ato contundente e vigoroso será apenas um detalhe no mundo das artes.

Ao propor esta obra de arte, Duchamp que já era e ainda seria muito mais polêmico ao longo de sua brilhante vida, pegou o mundo pela gola, o sacudiu e disse:

O QUE É ARTE, AFINAL?
O PRODUTO?
A RELAÇÃO?
A PROPOSTA?
O CONCEITO?
O DISCURSO?

Isso tudo porque o mundo da arte havia desde já virado uma grande indústria. Um palco onde deveriam brilhar apenas alguns escolhidos, aqueles que demonstrassem para um público que se entendia sabidinho e inteligente que o tradição era posto, que a obra deveria ser avaliada apenas pela importância de quem assina, e que o artista deveria passivamente demonstrar habilidades, reproduzindo peças que se diziam inovadoras mas que ao fim e ao cabo apenas reproduziam um modelo de séculos.

Obviamente foi um escândalo!

"Quem Marcel Duchamp pensa que é pra nos ofender com seu urinol?" Bradou um!

"Está cuspindo na grande arte." Gritaram outros!

"Ora, como quer que nós, pessoas que estudamos que nos dedicamos ao nosso ofício possamos aceitar que alguém que se diz artista coloque o objeto que não foi ele quem fez e que ainda por cima é escatológico, numa galeria ao lado das nossas tão bem produzidas obras de arte?"

"Onde está a obra de arte?"

"A Arte morreu!"

kkkkkkkkkkkkkkkkk

E Duchamp assistindo a todo aquele reboliço, provavelmente sentado com seu charuto, jogando seu bom xadrez!

Marcel Duchamp: um ícone

O que a massa gritante e escandalosa não entendia (pois estava de olhos fechados para o futuro, pregados com cravos no presente, embotados com o gesso grego do passado) era que o que Duchamp estava colocando dentro do museu era um conceito. Um debate. Uma problematização. E que um produto artístico que não se preste a isso não deve mais ser considerado como importante, ou pelo menos, única forma artística.

A 'Arte' tal como entendemos hoje, como uma instituição fechada que se pode conceituar facilmente, é um conceito moderno, extremamente recente e não um fato natural. Durante muito tempo, em muitas civilizações a experiência artística sempre esteve lado a lado com a vida concreta e não era dela separada.

Duchamp, vendo o rumo que o conceito de arte do início do Século XX, dominado por quem estava se beneficiando muito com esse modelo, propõe discutir literalmente: 'QUE MERDA É ESSA?'

Em nenhum momento, ele virou as costas ou debochou da arte, muito pelo contrário. Sua atitude foi de um verdadeiro artista que bate uma palma bem grande, bota a mão na cintura e pergunta: 'QUE MERDA É ESSA?' Mas fez isso com sua obra, através do discurso estético. Sem gritar com ninguém!

Detratores e defensores até hoje discutem sobre o feito. Outras obras polêmicas Duchamp criou. O mundo das artes deu saltos importantes depois dele, mas mesmo assim, Duchmp ainda não venceu. Pegaram seu unriol e colocaram no Museu, agora sem o conceito, sem o discurso. Hoje, um outro urinol que não o original (martelado por um consumidor de arte indignado) jaz atrás de uma redoma de vidro, com toda a aura de obra de arte que um dia seu autor quis destruir. Calaram de alguma forma o artista ao enjaularem sua obra. A massa de gorilas continua gritando seu Uh-Uh-Uh!

O debate entre a tradição e a inovação, o paradeiro e o movimento sempre causou transtornos imediatos e resultados a longo prazo. Amadurecer, muitas vezes, é fazer uma retrospectiva da sua vida e ver de que lado você ficou. No discurso, um vanguardista. Na prática: um reacionário!

Isso não é raro, pelo contrário, raro é o oposto.

Raro é conseguir não gritar pelo prêmio, não brigar pelo título, não puxar o cabelo do outro, não urrar como homem das cavernas, na rua ou no facebook!

Raro é conseguir largar o osso!

Drica




144 comentários:

  1. Teatro é teatro, cinema é cinema e o pente é o pente. Queridinha, não se justifica não, que vc saiu daqui queimada com o teatro conquistense, João Omar nem ao final do Por Isso É Que Eu Canto foi com vergonha do vexame que foi pra ele o sábado do festival. rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Oh, querido anônimo, se é você a pessoa que sabe, afinal, O QUE É O TEATRO e o QUE É O CINEMA, eu sugiro que você escreva um livro, vai ser um best-seller, porque há séculos, milênios, desde Aristóteles, as pessoas vêm tentando saber o que é o TEATRO, e ninguém chegou num consenso não, viu, gato(a)! Portanto, se você tem essa resposta, sai de Conquista e vai rodar o mundo dando palestras, porque eu tenho certeza que vai ser um sucesso!

      E sobre as relações teatro e cinema, dá só uma sacada no que as pessoas têm feito:
      http://christianejatahy.com.br/julia/

      E eu sugiro ainda que você, no seu futuro best-seller, possa dialogar com a Beatrice Picon-Vallin, pesquisadora francesa que vem refletindo sobre as relações teatro, cinema e tecnologias. Embora ela deva estar equivocada, segundo você. Seguem uns artigos:

      http://seer.ufrgs.br/cena/article/view/11962
      http://revistasalapreta.com.br/index.php/salapreta/article/view/305

      bjs

      Excluir
    3. transversalidade é uma coisa, aquilo apresentado foi apresentado foi cinema, os recursos humanos de atuação foram os mínimos possíveis.

      Excluir
    4. Se é o anônimo aquele que clama ser a representação do Teatro Conquistense, então infelizmente o Teatro Conquistense está fadado ao anonimato!

      Excluir
  2. "A massa de gorilas continua gritando seu Uh-Uh-Uh."

    Ótimas reflexões Adriana.

    abs

    george neri

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já parou pra pensar que a "massa de gorilas" é o público conquistense? Ou você realmente acha que as pessoas saíram na noite de sábado felizes com o resultado, George?

      Excluir
    2. Vocês deveriam se inscrever nos editais da FUNCEB. Afinal, a Nehle Franke gostou do espetáculo. Só não tentem participar de festivais sérios com essa produção, vcs irão se decepcionar pra cacete.

      Excluir
    3. George Neri, seu prosa ruim dos infernos tudo que vc faz, inclsuive em sua vida cinematografica deveria repensar pq é muito ruim, desde a tragédia de tamanduá. UMA TRAGÉDIA. Sinto por você ser tão medilcre.

      Excluir
    4. liga ñ george, vc eh fantastico, um cara mto humilde
      essas pessoas ñ tem o minimo de maturidade p/ debater com vc!

      Excluir
    5. kkk'k
      acho que se for no quesito maturidade segundo a Sra. dona do blog o publico conquistense não tem mesmo, pois não passamos de gorilas né...
      Mas acho mais humilhante fazer um espetáculo para gorilas do que ser um, e Sr. George se é tão bom assim espero que vá logo para uma cidade que te mereça e deixe os gorilas aqui com os artistas que agradam os mesmos.

      Excluir
  3. Ficaram queimados os anônimos que nada refletem do que dizem, queimados os tiranos! Quem escolhe a si tem consciência disso e se eterniza...

    acho muito importante o debate, precisamos mesmo dialogar, vê-se a carência das pessoas que não sabem canalizar tanta energia e agridem os que estão de peito aberto... fascismo que não acabam com a Grande Guerra, que se prolonga na história das gentes...

    núbia neves

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fascistas são vocês que não percebem ou fingem não perceber a preferência do público... ato único e lua de luiz são os verdadeiros destaques dos cenas curtas. vocês só trouxeram mais um pouco do mesmo, pq aquilo ali não tinham nem um real de inovador ou revolucionário.

      Excluir
    2. Núbia, não ligue pra esses comentários, o importante é que vc não se sinta limitada e se supere sempre não importa o que os outros digam. Muita gente preconceituosa e invejosa que comentou aqui, e vc provou que é uma guerreira e que pode fazer as coisas tão bem ou melhor que qualquer outra pessoa. E parem de chamá-la de síndrome de down, mesmo sendo isso não é motivo pra chacota.

      Excluir
    3. parabens por assinar seu nome nubia, isso sim eh coragem!

      Excluir
  4. George, Núbia e Rodrigo divulguem o blog para os amigos e as pessoas que saíram dos cenas curtas satisfeitas com o resultados e vamos ver se as postagens passam de 15 comentários...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem saiu satisfeito??????????????????????w cadê?? cadê??? cadê??????????????????????????????

      Excluir
  5. eu acho que algumas pessoas deveriam aprender a perder.

    ResponderExcluir
  6. vai tratar a sua síndrome de down, Núbia! me faça esse favor.............

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. e george néri: enfie esse osso no cu

      Excluir
    2. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

      Excluir
    3. que triste
      se olhe no espelho e tenha vergonha de si, ANONIMO INVEJOSO!
      que pessoa mais baixa, merece um cuspe na face e pode ter certeza que eh isso que vc vai receber da vida! ESTÚPIDO

      Excluir
    4. "um cuspe na face"
      que gentil você, até eu fiquei com vontade de receber também ;D

      Excluir
  7. Querem apostar quanto que Adriana Amorim nunca mais colocará os pés no Cenas Curtas como julgadora?

    ResponderExcluir
  8. Ô Adriana pq vc não conta a todos como a Cibele de Sá ficou chateada com o resultado? Você é só uma paga-pau de Nehle Franke, que traz no currículo como principal atrativo sua nacionalidade. ô Brasil véi sem futuro...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
    2. Nehele Franke é tão boa que dirigia na Alemanha, só que dirigia táxi. KKKKKKKK Agora fica essas pau-de-bosta como a Adriana Amorim, que trazem em no discurso um "intelectualoidismo pedante" babando ovo daquela ridícula, uma pena que não tinha jurados de verdade.

      Excluir
  9. Como pode um cineastazinho de bosta, um molequinho que diz ser ator e uma garotinha com síndrome de down estarem tao ofendidos com o voto popular? E nós somos os facistas? Voces precisam de tratamento, hein.. pq aquela bosta que mostraram lah não foi racional, nao.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ofendidos? quem baixou nivel foram vcs

      Excluir
    2. O nivel ficou baixo a partir do momento que as duas juradas pisaram em solo conquistense e pior, tiveram poder de interferir no nosso sagrado teatro.

      Excluir
  10. ainda bem que Duchamp não tentou participar de um concurso de festival com um videozinho medíocre! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Pai nosso que estais no céu
      Santificado seja o teu nome
      Venha a nós o teu reino
      Seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu
      O pão nosso de cada dia nos- dai hoje
      Perdoai-nos as nossa ofensas
      Assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido
      E não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal... amém!

      Excluir
    3. Genial! KKKKKKKKKKKKKKKK

      Excluir
    4. Gostaria de dizer aos meninos de Ossosso e à jurada que em todos os seus textos deixou clara sua preferência por tal cena: o espetáculo não foi bonito, não foi polêmico, não foi chocante, agressivo, não despertou em mim nenhum misto de sentimentos que não fosse uma enorme vontade de sair pra fumar. Existem produção muito boas nesse estilo, mas aquilo foi de uma imaturidade tão grande...

      Excluir
    5. Isaura é a melhor! KKKKKKKKKK Adoro os comentários...

      Excluir
    6. "o que não dá é pra fingir acreditar na beleza do pé do pavão." - Rayza. Deu pra entender né? Como fingir acreditar na beleza de Ossossosso quando se tem belíssimos espetáculos como Lua de Luiz e Ato Único na concorrência? Dizer que Ossossosso estava no nível de Ato Único e acima de Lua de Luiz é realmente ver coisa onde não tem.

      Excluir
    7. acho que eh isaura que ta comentando isso tudo rçrçrçrç
      que coisa feia, isaura

      Excluir
    8. se for tu mesmo, não pára Isaura... espero que vc participe ano que vem, é um prazer ver vc no palco! *-*

      Excluir
    9. Pessoal, eu estudo, trabalho o dia inteiro e não sou imatura e sem o que fazer o suficiente para estar aqui, ANONIMAMENTE (até porque tudo o que eu quis dizer, foi dito no meu facebook, abertamente, para todos os meus amigos, conhecidos e interessados). Não fiz absolutamente nenhum comentário nesse blog. Mas, ao contrário, fizeram por mim, copiando a colando do meu facebook, também anonimamente, sem me pedir a devida permissão. Eu estou tão tranquila, saibam os que comentaram acima, como uma pluma ao vento! Quem está colocando o meu nome aqui, como uma tentativa de diminuir o meu trabalho o a minha personalidade, está perdendo tempo, pois quase todos os envolvidos conhecem a minha índole.

      Excluir
    10. que nada, isa! todos estao morrendo de saber de onde vem tudo isso, mas eh uma tentativa de atirar para todos os lados e ofender a todos. parabéns pela peça!

      Excluir
  11. a carapuça serviu tanto que esse povo tá aqui pensando que estamos falando do deles! calma povo do osso.. estamos falamos das outras merda tb que essa vadia premiou!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. gente que povo baixo, estou chocada com a educação desses conquistenses... eita provincianismo horroroso!

      Excluir
  12. Porra se Ossossosso for teatro Brasileirinhas é cinema. Pq lixo por lixo prefiro um que me faça gozar.

    ResponderExcluir
  13. Lindo post Drica.

    Ainda somos muito contaminados com conceitos pré-estabelcidos e extremamente opressores referente à obra de arte.

    Que todo esse reboliço venha até Jequié-BA

    'Você inventa o pecado,
    E eu fico aquino Inferno" (Tom Zè)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. se vc tivesse ido ver o cenas curtas entenderia, faça 1000 favor!

      Excluir
    2. “Elogiar uma peça ruim é estimular o ruim a se perpetuar”

      Excluir
    3. Todos aqui querem provar seu ponto de vista e impor sua opinião, inclusive a prof. Adriana. Apesar de já ser massante os comentários a respeito da premiação eu devo concordar com a maioria. Seu blog chama-se "arte do espectador", professora, no entanto o que se viu em seu julgamento foi uma insensibilidade com as peças mais populares, talvez motivada por um desejo de ver o novo, o diferente ou uma preferência estilística, e junto com as demais protagonizou-se uma grande injustiça num festival que tem o intuito de fomentar o teatro entre as pessoas e onde o que se viu foi um total desrespeito com o público e sua opinião.

      Excluir
    4. meu bem se fosse para o publico decidir a premiação, o resultado seria decidido através de urnas :*
      bando de gente que nunca estudou teatro, ñ tem um pingo de sensibilidade e vem falar coisa
      querem tudo mastigado? vão assistir malhação, talvez la vcs encontrem o trabalho de victoria muito bem valorizado.

      abrç

      Excluir
    5. Acho que o publico sim quem decidi a premiação, pois na minha opinião o verdadeiro ator faz um espetaculo para o publico em sua maiorai e não para apenas 3 senhoras...
      sinceramente não me importei em não ter ganho premios pois estou ciente da qualidade das outras peças exceto ossossosso.
      Obviamente nem todos ali estudaram teatro, mas muitos que estudaram e estudam afirmaram as injustiças acometidas...
      Tisck tisck, como pode ser tão baixa assim?
      Victoria faz os melhores trabalhos da cidade, quando você chegar onde ela está me manda um telegrama do além, por que nessa vida você nunca vai chegar lá...
      bjs

      Excluir
  14. Ninguém tem prazer de ver coisas ruins, nem de graça. Sinto muito pelo resultado dos cenas curtas, meus caros!

    ResponderExcluir
  15. Ai gente aquele povo da secretaria de cultura é cínico, conseguem fingir que tá tudo blza... KKKKKKKKKK

    ResponderExcluir
  16. O povo de ossossossososososososososssssss (haha) podia ter botado um vídeo melhor pra gente ver, já que de teatro mesmo nao teve nada.

    ResponderExcluir
  17. Na realidade o que pude perceber é que; O debate é bom.
    Mas ao mesmo tempo gostaria de solicitar a artista, diretora, cenógrafa e ex global é que não insulte seus pupilos a trilhar por esse caminho do rancor do ódio, afinal foi só um fertival pequeno que nasceu para comtemplar essa linguegem que pouco tem ações e quando tem vc que sempre é comtemplada com seu puxa-saquismo natural de quem tá no poder. LARGA O OSSO MOÇA...Aprenda a respeitar as pessoas e os resultador,sua peça foi linda mas sem fim nem cabeça e nem começo só a plástica sem conteúdo, acho que quem mereceu o resultado foi a Patricia na minha humilde opinião. Mas a idéia do osso foi massa kkkkkkk.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. concooooordo!!!

      Excluir
    2. xiiiiiiiiii ta sobrando pra alguem aqui...

      Excluir
    3. o caminho da agressão pessoal não leva à nada. se a proposta é debate, então debatam os resultados.

      Excluir
    4. Engraçado que ano passado ninguém questionou os resultados, mesmo tendo boa parte dos participante dessa edição. Eu acho que foi realmente injusto e que os injustiçados devem gritar como gorilas, como disse a professora Adriana e não me venham com esse discurso pseudointelectual de que o povo de conquista não entende de arte e que os comentários aqui são vazios.

      Excluir
    5. Queridos, há espaço para todos!
      Não briguemos, teatro é para o amor! *-*

      Excluir
    6. awwnn que lindo! *--*

      Excluir
    7. Só quem tem culpa são os jurados, besteira ficar brigando entre si...

      Excluir
    8. Lamentável essa indireta, até imagino quem tenha escrito. Mas pelo pouco que conheço de Victória Vieira sei que ela não está estimulando seus pupilos, são garotos e garotas jovens e estão tendo uma reação absolutamente compreensível depois da injustiça sofrida.

      Excluir
    9. Véi se tu não entendeu Lua de Luiz tu não entendeu mais nada né? KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

      Excluir
    10. Lua de Luiz, tava muito linda, mas sem pé nem cabeça, um texto sem final, sem meio, só a plástica da cultura popular, que estava parecendo a Casa Régis Pacheco.

      Excluir
    11. Acho que você deve ter perdido a conclusão da peça, ou tem algum problema mental, ela disse que aquilo era um fragmento da peça...

      Excluir
  18. Caraca é impressionante como essa peça "ossoossoosso" afetou o publico. Parabens aos realizadores por resurgirem nas pessoas o macaco que habitam nelas. Tá osso o ressentimento aqui. Xô anonimos, dêm a cara para bater seus pau no cú!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o que afetou o público nao foi a peça, foram os resultados. sinto muito lhe decepcionar ://

      Excluir
  19. "Caraca é impressionante como essa peça "ossoossoosso" afetou o publico. Parabens aos realizadores por resurgirem nas pessoas o macaco que habitam nelas. Tá osso o ressentimento aqui. Xô anonimos, dêm a cara para bater seus pau no cú!" [2]

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o que afetou o público nao foi a peça, foram os resultados. sinto muito lhe decepcionar :// (2)

      Excluir
  20. "Mas ao mesmo tempo gostaria de solicitar a artista, diretora, cenógrafa e ex global é que não insulte seus pupilos a trilhar por esse caminho do rancor do ódio..." [2]

    ResponderExcluir
  21. Todo mundo já sabe quem anda plantando sementes de ressentimento, inveja e prazer pelo poder na cabeça dessa galera nova aí... É aquela que arrota saberes!
    Caríssimos humanos recém-chegados na adolescência, tenho algo a lhes dizer: começaram mal! Uma vida iniciada com a tutela dessa ex-global é de dar dó. O que é a Globo? Que cultura é essa dessa mulher que vem de um trabalho duvidoso numa rede de televisão tão senso-comum? Tenho pena de vocês, crianças recém-chegadas na adolescência.
    Vou fazer como vocês, usar as mesmas armas que usam: a do anonimato! No anonimato vocês não se expoem, não mostram a cara cheia de espinhas... Mas também não mostram o motivo de estarem vivos e criticando. Critiquem mesmo, mas se revisitem, repensem.
    E mais! Já existe lei para crimes virtuais como esses que vocês estão cometendo. Aqui tem de tudo, até o famoso bulling. Aguardem!
    Um abraço fraterno nessas crianças recém-chegadas na vida.
    Para os ditos adultos, vida perdida essa de vocês, um bando de assaltantes do poder, como diz minha amada Estamira.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comentário apoiado!

      Excluir
    2. Parabéns à Victória Vieira e aos seus atores! Não ligue para as indiretas, você sabe o quanto você e seu esposo são queridos e valorizados entre a classe artística, não vai ser um trio de juradas e alguns comentários num blog que vão tirar isso de você. Que Jesus e os bons espíritos acompanhem você em todos os seus passos!

      Excluir
  22. cadê que patrícia se presta a esse papel ridículo de vir no blog dos outros despejar veneno? patrícia tem classe, palmas pra ela!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ngm sabe ne? hehehehe

      Excluir
    2. Eu conheço Patrícia Moreira e Patrícia Chaves: posso afirmar que nenhuma delas chamaria Núbia Neves de síndrome de down.

      Excluir
    3. Tb acho, mas existem comentários de nível aqui tb.

      Excluir
    4. ela Faz isso mesmo não. Patrícia é super do bem, uma pessoa muito bacana, faz arte porque acredita, acho que as pessoas estão mais magoadas que ela. Voces viram o nivel da cena dela,falava de sentimentos, de considerações sobre a vida. ela é muito foda, sou fã. Ja fui aluna dela, ...isso nao é nada, quem se mantem no teatro tem de ser forte, como Gilsérgio e Victoria q para mim,assim como Patrícia Moreira, são referencias de bom gosto no teatro e na vida. Sérgio é um lindo! kkk

      Excluir
  23. Dri, vc eh uma linda... ñ ligue pra esses conquistenses mal educados. Seu santo eh forte!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. no outro post alguem colocou: "as pessoas respondem com o pior, quando vêm o pior". acho que tudo isso aqui se trata de um desabafo, do público e tb dos atores que de certa forma foram mesmo injustiçados...

      Excluir
    2. lembrando: o festival eh de CENAS e ñ de ATORES

      Excluir
    3. Pra mim teatro é a arte do ator.

      Excluir
    4. eu sei, lindo
      mas 'festival' eh uma palavra que abrange muita coisa
      'cenas' abrange mais outras...

      Excluir
    5. assim como um 'festival de canções' eh diferente de um 'festival de cantores'

      Excluir
    6. Que linda? ta doido? ela é que é mal educada e pelo q eu saiba ela nassceu aqui tb. Oque ela fez foi merda, não comente o que vc nao sabe e nao viu

      Excluir
  24. "Raro é conseguir não gritar pelo prêmio, não brigar pelo título, não puxar o cabelo do outro, não urrar como homem das cavernas, na rua ou no facebook!"

    Mandou bem, Dri!

    ResponderExcluir
  25. Uma coisa que eu nunca entendi são os critérios de avaliação das peças, tem que repensar isso aí, essa lacuna deixa espaço pra os jurados colocarem seu gostos à frente da qualidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Viu, gente? Debatam dessa forma, parem de baixar o nível nos comentários!

      Excluir
    2. também acho, não gostei dos resultados, mas pra dar credibilidade aos comentários eu não uso de baixaria.

      Excluir
  26. Ano que vem é só o pessoal boicotar e pronto, cabou festival! hehehe

    ResponderExcluir
  27. Um absurdo os resultados serem divulgados por meio de consenso, já que é pra julgar atribuam notas a cada quesito e entreguem a um mediador... aquele negócio de entrar numa salinha pra conversar cheira mal hein?!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é, talvez você tenha razão...

      Excluir
  28. Me digam: quem foi que formulou o edital do Cenas Curtas? Ou o projeto? Me disseram que foi Victoria. Se foi ela mesmo, será que ela pode participar? É ético, é justo? Vamos abrir o olho!
    Quero saber tudo sobre isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pelo que eu soube foi victória e gilsérgio.

      Excluir
    2. pelo menos ela fez alguma coisa que pudesse beneficiar o teatro...

      Excluir
    3. Não foi Gilsérgio!
      E sim, ela fez algo para beneficiar o teatro... o teatro dela!

      Excluir
    4. ué se foi pra beneficiar o teatro dela como ela nao ganhou nenhuma edição?

      Excluir
    5. Como assim beneficiar o teatro dela? O Festival não permite a participação de qualquer grupo? Inclusive de vídeos...

      Excluir
    6. É que começaram a falar sobre injustiças e seria uma injustiça ela participar mesmo tendo feito parte da produção do edital/organização etc..

      Excluir
    7. Ela só apresentou o projeto. A secretaria achou pertinente e configurou de acordo com as demandas e os limites. Ela não participa da organização, tanto que nesse ano na minha humilde opinião de espectador a própria foi bem injustiçada, junto com a Patrícia Moreira.

      Excluir
  29. Ano que vem é so boicotar para o festival acabar????? O que é isso? Então reclamam do Município por não fazer "nada" pela cultura e quando fazem querem boicotar????
    Oh povinho de merda!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que boicotar não é o caminho, o caminho agora é repensar o edital. Repensar a configuração do Cenas Curtas. Porque o Festival foi uma vergonha, não se tinha sequer um mestre de cerimônia, João Omar tava parecendo um estagiário, com todo o respeito. E também achei a escolha do júri bem ruim, deveria ser alguém que conhece o teatro produzido em nossa cidade.

      Excluir
    2. É só participar ano que vem com uma coisa bem estranha como as premiadas no festival esse ano.

      Excluir
    3. Palmas pra esse Anônimo sensato aqui de cima.
      Só não sei se o júri deveria ser TODO formado por pessoas que conhecem o teatro produzido na cidade, é legal ter pelo menos uma pessoa de fora.
      Agora o lance de ter um mediador para contar os pontos eu acho necessário.

      Excluir
    4. Defina "coisa bem estranha".

      Excluir
    5. O lance de contar pontos é muito importante, ainda mais nessa edição que tinha a participação da Nehle que querendo ou não ela tem um cargo importante e isso pode coibir os demais.

      Excluir
  30. Poxa já estão falando de Victória aqui? Começou com Adriana Amorim, em seguida João Omar, Nehle Franke, Cibele de Sá e até pra Jeane sobrou. Vamos parar com ataques pessoais? O que temos que contestar aqui é o resultado do júri sem agressões pessoais.

    ResponderExcluir
  31. Antes de tudo, vamos todos pegar o amigo dicionário e procurar o significado da palavra 'cena'.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não me venha com esse discurso, é muita ingenuidade ou má fé pensar que ali não era um festival de teatro.

      Excluir
    2. Sinceramente, então deveriam mudar o nome do festival! Na boa mesmo, sem discurso de má fé.

      Excluir
    3. Juro pra você que quando ouvi o nome do festival, pensei que fosse sobre curta metragem.

      Excluir
    4. O problema todo foi de produção o festival. Como disseram ali, algumas falhas foram visíveis e gritantes. Não tinha mestre de cerimônia, não tinha um recurso alegórico de premiação, o festival foi pobre em divulgação, as juradas trazidas não conheciam o contexto da região e tinham um perfil bem próximo, da próxima vez deveriam colocar um representante do público, um artista plástico, um dramaturgo... É minha opinião.

      Excluir
    5. será que foi george nery que escreveu isso aqui em cima?? hahaha, curioso!!

      Excluir
    6. KKKKKKKKKKKKKKKKKKK "Juro pra você que quando ouvi o nome do festival, pensei que fosse sobre curta metragem." KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK Boa, boa Velho!

      Excluir
  32. Será que Adriana Amorim tem lido todos os comentários? Só uma curiosidade boba! rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela eu não sei... mas o povo em Conquista só tá comentando disso aqui KKK tá melhor que twitter!

      Excluir
  33. Coitada de Victória, é uma santa! Só faz o bem e o povo falando mal da bichinha. Oh dó!

    ResponderExcluir
  34. Bom, "quem não é visto não é lembrado". Então façam isso mesmo, falem das pessoas. Assim, bem ou mal, serão mais conhecidas e mais invejadas! E os anônimos continuarão no anonimato.

    ResponderExcluir
  35. Coitada de Victória a única que fez alguma coisa boa (além de patrícia) no Festival e vem esse pau-no-cú falar dela...

    ResponderExcluir
  36. Ossossosso devia chamar Insossossoso KKKKKK se eu tivesse papel taria fazendo origami...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

      Excluir
    2. eu tava quase saindo pra fumar... ô falta do que fazer daquele povo, fico com pena de quem ensaiou pra esse cenas curtas, tomou no cú bonitinho

      Excluir
  37. Vejam só o que o cara que ganhou o prêmio de melhor ator postou no facebook: "Eu só lamento é ver o teatro, o qual passei seis anos na Universidade Federal de Alagoas, passar por um papel desse diante do empresariado de Vitória da Conquista que também está nesta rede social. Será que alguém (artista)tem coragem de negociar apoio para suas (artes)?" Nem o cara saiu satisfeito...

    ResponderExcluir
  38. O melhor é ver Nagiba, João Omar, Shirley e Ana Barrosso no facebook tentando disfarçar o lixo que foi esse festival...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adriana, o máximo que vc vai ouvir de elogios vão ser de seus puxa-saco, dos vencedores e do povo da secretaria que tá feliz (pelo menos vc nao cobrou cachê rs)

      Excluir
    2. "vencedores" vc quis dizer né? KKKKKKKKKKK

      Excluir
    3. quem eh ana barroso, gente? kkk

      Excluir
  39. ADOREEEEEEEI O RESULTADO
    UM TAPA NA CARA DA SOCIEDADE CONQUISTENSE ACOSTUMADOS COM MESMICE!
    COMO ESPECTADORA, ADOREEEEI, HAHAHAHAHAHA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. mas um adorador de Ian kkkkkkk

      Excluir
    2. A cara de Jeane Marrie esse comentário, anonimo, sem noção, sem precisão e gritando para chamar atenção...
      Só acho...

      Excluir
    3. AHAM, essa pessoa linda e adorável falou a mesma coisa quando saiu do teatro, muita gente viu, até parece que anonimato esconde. ;D Devia tomar vergonha na cara, e aprender a atuar que nem isso sabe fazer, só fica ilustrando e mandando a atriz fechar o olho no meio de uma peça... Rai ai eu acho é graça viu !

      Excluir
    4. hahaha'
      Vai pagar seus atores Jeane, deve ser por isso que ela não apresentou a peça dela, ta que se eu foce uma diretora boa como ela também preferia ficar apenas assistindo e esperar o cafezinho os biscoitos e as musicas do final... ;D
      bjs sua lindcha!
      só que não!

      Excluir
    5. E a peça muito linda que ela mesma fez questão de ridicularizar, De William Shakespeare - Romeu e Julieta, gritando no meio da apresentação pra a atriz fechar o olho, só pra fingir estar morta, que bela diretora de teatro, deveria estar na globo de tão boa. Assistir e fiquei envergonhada com o que vi.

      Excluir
    6. Que ótimo passa tempo, falar mal de Jeane, melhor que isso só assistir ossossososososososososoosssso,

      ...

      op's

      Excluir
    7. KKKKKKKKKKKKKKKKK Jeane *------------------------*

      Excluir
    8. jeane eh mt tosca, magrela velha

      Excluir
  40. to achando que é a mesma pessoa fazendo comentarios nesse blog.

    ResponderExcluir
  41. Esse Cenas Curtas foi uma verdadeira bomba de bosta que respingou merda em todo mundo que tava envolvido, nunca vi tanto picunhinha.

    ResponderExcluir